Atalhos no SQL Server Management Studio 2012

Fala galera, a produtividade e velocidade na entrega de projetos depende muito do conhecimento e facilidade em utilização da tecnologia e ferramenta de trabalho. Isso em qualquer área, seja um carpinteiro com habilidades em suas ferramentas de corte precisas ou nós de TI com nossos aplicativos calibrados.

Da mesma forma que o carpinteiro afia seus formões, nós fazemos isso com nossas ferramentas. Não afiando de forma literal, mas utilizamos de atalhos (shortcuts) para deixar a aplicação cada vez mais personalizada com o que fazemos no dia-a-dia.

Eu uso o SQL Server Management Studio no meu cotidiano, e aproveito as facilidades dos atalhos nativos, que facilitam a entrega dos projetos.

Aproveitando, clique aqui e veja uma lista com os atalhos nativos do SQL Server Management Studio.

Um atalho que sempre uso é o CTRL+R, que mostra ou esconde o painel de resultado. Caso não goste de usar atalhos, você pode deixar o painel de resultado visivel ou não, através do menu Windows >> Hide Results Pane

image

Porém, a alguns dias atrás tive um problema com meus atalhos, e isso poderia atrapalhar a produtividade… Sempre que eu pressionava as teclas do atalho, aparecia a mensagem. Mudando de atalho para atalho, de acordo com o que eu clicava.

(CTRL + R) was pressed. Waiting for second key of chord…

CTRL_R

Este problema é causado pelo corrompimento do arquivo NewSettings.vssettings (localizado em “%USER%\Documents\SQL Server Management Studio\Settings\SQL Server Management Studio\” ), e pode acontecer por uma atualização de path mau sucedida ou alteração manual nos atalhos. Nossa sorte é que pra resolver este problema, pode-se restaurar o arquivo citado acima, através do próprio SQL Server Management Studio. Para isso, abra o SSMS e vá até o menu Tools >> Options. No menu lateral esquerdo procure o item Keyboard e então clique no botão Reset.

image

Fazendo isso, os atalhos do seu teclado voltarão a funcionar e você não terá sua produtividade impactada.

Compartilhe o post:
RSS
Follow by Email
Facebook
YOUTUBE
YOUTUBE
LinkedIn

Comentários

comments