Comparando SQL Server e SQL Azure Database – prt 6

Fala galera, é sexta-feira de madrugada minha esposa está tomando banho e eu estou escrevendo este post. É o sexto da série e provavelmente o útimo que escreverei com minhas idéias, a partir de agora vou esperar as duvidas de vocês para escrever mais posts sobre esses comparativos.

Neste post, vou falar sobre Alta Disponibilidade e Escalabilidade.

Quando se pensa em Alta Disponibilidade, estamos pensando em 24X7 (24horas 7 dias por semana). A Plataforma Azure é baseada em SQL e Windows Server, e é flexivel o bastante para para variar com relação à carga ou uso. O serviço replica os dados em diversos servidores diferentes para manter os dados redundantes e disponíveis para seu negócio, haja o que houver. No caso de um dos servidores cair, o Azure automaticamente faz o loadbalance e aponta para outro server.

Já com relação à escalabilidade, esse é um ponto bem positivo pra Plataforma Azure no ponto de vista da facilidade de se escalar (aumentar o desempenho) sua própria solução. No SQL Server, depois de particionar seus dados, a escalabilidade é automática e o banco vai crescendo de acordo com sua necessidade. Pela forma de licenciamento, você só pagará pelo que armazenar “economizando dinheiro”, e caso precise fazer um downgrade (diminuir o desempenho) de seu ambiente, é possivel fazer quando achar necessário.

Bom, foram 6 posts sobre diversas informações relacionadas à SQL Server e SQL Azure Database. Com certeza terão assuntos que vocês gostariam que fossem discutidos e não foram. Deixo o espaço dos comentários ou o meu twitter @DiegoNogare aberto para que possam enviar suas dúvidas e terei o maior prazer em responder.

Compartilhe o post:
RSS
Follow by Email
Facebook
YOUTUBE
YOUTUBE
LinkedIn

Comentários

comments