Comparando SQL Server e SQL Azure Database – prt 5

Fala galera, estou voltando a postar depois do MVP Summit 2010…

Na comparação de hoje falarei sobre o modelo de dados relacional.

O SQL Azure será bem familiar à todos os DBAs e DEVs (de banco) no quesito de armazenamento, porque é bem parecido com o SQL Server on-premise, usando T-SQL. Por conceito, o SQL Azure é como uma instância do SQL Server, só que com algumas restrições (vocês se lembram, né?!).

Em cada servidor de SQL Azure, você pode criar diversos bancos de dados, e em cada banco pode criar várias tabelas, views, stored procedures, índices, e vários outros objetos. Este modelo de dados faz um bom uso do design e codificação dos bancos que já temos on-premises e simplifica o processo de migração para a nuvem por serem bem similares e suportarem quase tudo um do outro.

Só lembrando que o SQL Azure Database são servidores virtuais e não correspondem exatamente como um SQL Server local (que é físico)! Então não tentem ter o mesmo desempenho, é muito pouco provável que consiga chegar próximo!

Se alguém tiver duvida sobre alguma coisa entre o SQL Azure e o SQL Server, me mande que eu terei um prazer enorme em responder.

Compartilhe o post:
RSS
Follow by Email
Facebook
YOUTUBE
YOUTUBE
LinkedIn

Comentários

comments