Comparando SQL Server e SQL Azure Database – prt 3

Fala galera, estou escrevendo este post de dentro do avião, indo pro MVP Summit, quando chegar eu conecto em algum WiFi e publico (só pra constar! rss).

Bom, continuando com essa série de comparações entre SQL Server e SQL Azure Database, vou falar sobre o código T-SQL suportado na plataforma Azure. É claro, algumas coisas podem mudar, mas estes códigos eu já testei.

T-SQL suportados:

Constantes / Constraints / Cursores / Índices (gerenciamento e rebuild) / Tabelas temporárias locais (com 1 #) / Stored Procedures / Gerenciamento de Estatísticas / Transações (Begin e End) / Triggers / joins de tabelas e de variáveis do tipo table / Create ou Drop Database / Create, Alter ou Drop Table / Create, Alter ou Drop usuários e logins / Views.

Algumas coisas que testei, mas não tive sucesso, logo entendo como não suportado:

CLR / Database Mirroring / Gerenciamento de Filegroup / Tabela temporária global (com 2 ##) / Service Broker

Bom, esta é a terceira parte da série, vamos ver se posto mais alguma coisa diretamente do MVP Summit 2010!

Compartilhe o post:
RSS
Follow by Email
Facebook
YOUTUBE
YOUTUBE
LinkedIn

Comentários

comments